top of page

Uma esperança às mães de adolescentes

Seu filho está apresentando sintomas de ansiedade em relação aos estudos?


Tem se queixado de se sentir inadequado socialmente , perante amigos , configurando uma ansiedade social?


Está confuso e com imagem negativa de si mesmo?

Está com baixa auto-estima e com isso tendo sintomas de depressão?

Tem tido desânimo, desmotivação?

Timidez em excesso a ponto de preferir o isolamento? Seu filho está com crise de identidade sexual?


Estes sintomas são comuns infelizmente, porém não são normais e apropriados, uma vez que traz demasiado sofrimento para os jovens. Os jovens estão vivendo uma crise existencial.


São vítimas de um mundo frenético, alucinante, veloz, ansioso, cheio de prazeres instantâneos, porém eles têm se sentido tristes, solitários, irritadiços e extremamente ansiosos.


Para que seu filho se livre desse sofrimento e obtenha sucesso na vida adulta , o critério essencial é desenvolver AUTOESTIMA inabalável e bons relacionamentos. Seu filho adolescente precisa acreditar em sua capacidade, se sentir bom o suficiente em algo, se sentir amado, se sentir adequado socialmente, mas também precisa se sentir pertencente e aceito, precisa se relacionar .


Tendo isso ele consegue ser mais resiliente às adversidades da vida. A psicoterapia pode ajudá-lo a encontrar mais rápido este caminho de cura. Na terapia ele aprenderá o manejo desses sintomas de estresse , ansiedade e depressão e a modificação de crenças limitantes de sua vida. Vai prender a gerenciar seus pensamentos e a dar uma direção lúcida às suas emoções.


Além de cuidar da mente, saiba também somos seres espirituais e portanto, desenvolver a fé no adolescente não só ajuda a frear alguns impulsos perigosos como ajuda manter a moralidade e idoneidade. Além de ascender a chama da esperança ,que é um ingrediente indispensável à vida.


Para você que é pai e mãe, precisa entender que o elogio deve ser mais frequente do que a crítica. Que o toque físico é mágico. Que limites também representam amor e cuidado. Os pais são os maiores agentes de mudança de um filho, logo precisam ser os co-terapeutas neste processo terapêutico.


Juntos, terapeuta / pais, certamente o seu filho terá êxito no tratamento de suas feridas psicológicas.



14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page